Avivando a Palavra que Recebemos

por Shirla Lacerda

Estamos na metade do ano de 2015. Daqui a pouco, estaremos celebrando o natal e mais um ano se finda.Mas, mesmo com a velocidade em que as coisas estão acontecendo, gostaria de lembrá-lo da Palavra de Deus que recebemos através da nossa liderança no início deste ano: Este é o ano de milagres e o ano do sobrenatural!

Precisamos desenvolver fome e expectativa pelas manifestações do Espírito Santo e pela Palavra de Deus em nosso coração.

Existem algumas atitudes da nossa parte que contribuirão para que o Espírito Santo se manifeste com liberdade. Os irmãos no livro de Atos colaboraram com o Espírito Santo da seguinte forma:

Eles obedeceram a Deus –(Atos 13:1-4)

“E NA igreja que estava em Antioquia havia alguns profetas e doutores, a saber: Barnabé e Simeão chamado Níger, e Lúcio, cireneu, e Manaém, que fora criado com Herodes o tetrarca, e Saulo. E, servindo eles ao Senhor, e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado.   Então, jejuando e orando, e pondo sobre eles as mãos, os despediram.  E assim estes, enviados pelo Espírito Santo, desceram a Selêucia e dali navegaram para Chipre”.

Eles estavam em unidade – (Atos 2:1-3)

“Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.  De repente veio do céu um ruído, como que de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. E lhes apareceram umas línguas como que de fogo, que se distribuíam, e sobre cada um deles pousou uma.”  

A Palavra “reunidos” no grego é homothumadon, que significa: unanimemente, com uma só mente. Havia total unidade entre eles e foi em meio a esta unidade que o Espírito Santo se manifestou descendo no dia de Pentecostes.

Permitiam-se ser usados e guiados por Deus – (Atos 3:1-8)

” Pedro e João subiam ao templo à hora da oração, a nona.   E, era carregado um homem, coxo de nascença, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmolas aos que entravam.    Ora, vendo ele a Pedro e João, que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola.    E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós.    E ele os olhava atentamente, esperando receber deles alguma coisa.  Disse-lhe Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho, isso te dou; em nome de Jesus Cristo, o nazareno, anda.    Nisso, tomando-o pela mão direita, o levantou; imediatamente os seus pés e artelhos se firmaram    e, dando ele um salto, pôs-se em pé. Começou a andar e entrou com eles no templo, andando, saltando e louvando a Deus.”

Pedro se permitiu ser usado naquele momento antes de entrar no templo. Talvez aquele fosse um momento inconveniente, já que Pedro e João estavam a caminho da sinagoga. Eles pararam o que estavam fazendo para dar atenção e ministrar para aquele homem. Seus planos naturais foram interrompidos para que a glória de Deus se manifestasse curando aquele homem. Certamente não estaríamos lendo esse acontecimento na Bíblia sePedro e João tivessem passado direto, ignorando aquele paralitico. Eles permitiram ser usados por Deus e por isso podemos ler esta passagem maravilhosa demonstrando o poder do Nome de Jesus.

Que possamos também permitir que o Espírito Santo interrompa os afazeres do nosso dia-a-dia para que as pessoas vejam em nós a glória de Deus e o poder do Nome de Jesus.

Abraço em Cristo.

Talvez você goste também

Fechar Menu
X